Avançar para o conteúdo principal

Termos de Computação em Nuvem

Glossário

Ferramentas de Análise de Negócios

Um conjunto de ferramentas destinadas a extrair dados de vários sistemas empresariais, que depois integram os dados extraídos em um repositório (como um data warehouse), onde podem ser analisados. As ferramentas utilizadas para análise de dados variam entre planilhas com funções estatísticas incorporadas, para mineração de dados e ferramentas de modelagem preditiva (tais como Radius e SAP HANA). 

Ferramentas de Business Intelligence (BI)

Ferramentas individuais ou combinadas com a tarefa singular de processar grandes quantidades de dados não estruturados (de praticamente qualquer fonte), cujos resultados podem ajudar as empresas a descobrir tendências significativas que podem então ser utilizadas para marketing, projeções e muito mais.

Nuvem

Uma rede global de sistemas e serviços que oferecem armazenamento e capacidade computacional sob demanda para usuários finais e empresas. Este termo geralmente serve como metáfora para uma rede global de centros de dados disponíveis em todo o mundo.

Explosão da Nuvem

Um sistema que fica entre uma nuvem privada e uma nuvem pública que serve para dirigir o tráfego de transbordo de um para outro. Isso é comumente usado para direcionar o tráfego de uma nuvem privada para uma nuvem pública, quando os recursos da nuvem privada estão na capacidade.

Computação em nuvem

Um sistema combinado de servidores remotos, hospedados na Internet, para armazenar, gerenciar e processar dados. Enquanto a Nuvem é usada como um termo geral, a computação em nuvem torna-se mais específica para descrever um servidor ou serviço em particular, como Linode, os serviços em nuvem do Google, ou AWS.

Tipos de computação em nuvem

De um modo geral, existem apenas três tipos principais de computação em nuvem: Software as a Service (aplicativos baseados na Web), Infraestrutura como Serviço (acesso à rede para armazenamento e poder computacional) e Plataforma como Serviço (ferramentas para que os desenvolvedores possam desenvolver).

Prestador de serviços em nuvem

Qualquer empresa que forneça uma plataforma de nuvem. Estas plataformas são geralmente oferecidas gratuitamente, mas também podem incluir modelos de preços escalonados.

Armazenamento em nuvem

Um serviço baseado em rede que permite aos usuários armazenar dados em servidores remotos. As soluções de armazenamento em nuvem oferecem soluções de sincronização em tempo real (ou quase em tempo real) para múltiplas plataformas e dispositivos.

Redes de Computadores

Um conjunto de computadores, interligados em rede, que combinam a soma total dos seus recursos para poder processar e executar grandes tarefas. Normalmente, estes tipos de sistemas são utilizados para a análise de vastos conjuntos de dados. Quando combinadas com a computação em nuvem, estas grelhas permitem aos clientes pagar apenas pela utilização, poupando assim às empresas dinheiro significativo (quando comparado com a construção de grelhas de computadores internamente).

Compartilhamento de bases de dados

A capacidade de dividir uma vasta base de dados em bases de dados menores, que podem ser analisadas e geridas mais facilmente através de uma rede de servidores.

DevOps

Quando o desenvolvimento de software e as operações de TI são combinados, com a ajuda da automação, de forma que a construção, teste e lançamento de software sejam mais rápidos e mais confiáveis. A ideia do DevOps é fundada numa cultura de colaboração entre equipes.

Computação Elástica

Quando os recursos do computador (tais como processamento, memória e armazenamento) podem ser provisionados na hora para atender às demandas sempre em mudança de uma empresa. Isto é feito de tal forma que nem o planejamento de capacidade nem a engenharia para o pico de utilização são uma preocupação.

Nuvem Híbrida

Uma combinação de nuvens públicas e privadas, ligadas em rede de tal forma que os dados e aplicações podem ser compartilhados entre elas. As nuvens híbridas oferecem às empresas maior flexibilidade para escalonamento e implantação.

Infraestrutura como um Serviço (IaaS)

Uma forma de computação em nuvem que fornece recursos de computação virtualizada (ou seja, hardware, armazenamento, serviço, espaço de centro de dados, equipamentos de rede, software) através da Internet. Estes recursos são normalmente utilizados para apoiar as operações empresariais.

Middleware

Fornece serviços a aplicações de software para além do que é oferecido pelo sistema operativo. Qualquer software que exista entre o kernel e as aplicações do utilizador final é considerado Middleware. Este tipo de software permite o fluxo de dados de uma aplicação para outra.

NoSQL

Um tipo de banco de dados não relacional que fornece um mecanismo para o armazenamento e recuperação de dados baseado em modelos diferentes de bancos de dados relacionais padrão (como o MySQL). As bases de dados NoSQL são capazes de lidar com grandes volumes de dados não estruturados e em mudança. Estes tipos de bases de dados vão muito além das bases de dados relacionais, e é por isso que muitas vezes são a escolha dos Grandes Dados.

Plataforma como um Serviço (PaaS)

Um modelo de computação em nuvem onde um terceiro fornece hardware e software, principalmente focado no desenvolvimento de software, através da Internet. Normalmente estas plataformas são sistemas operacionais virtuais, como o Linux, que criam ambientes de desenvolvimento excepcionais.

Nuvem Privada

Um ambiente de computação em nuvem que só é oferecido para usuários ou clientes específicos. Estes podem ser tanto no local como através das nuvens da Internet que não estão disponíveis para uso geral e generalizado.

Nuvem Pública

Um ambiente de computação em nuvem oferecido ao público, cujos serviços estão disponíveis gratuitamente ou para compra.

Computação sem servidor

Um modelo de computação em nuvem no qual um provedor de nuvens fornece provisões e gerencia dinamicamente a alocação de recursos. O preço da computação sem servidor é baseado na quantidade de recursos consumidos por uma aplicação. Este tipo de serviço permite que os desenvolvedores se concentrem mais em seu software e menos no ambiente de desenvolvimento.

Software como um Serviço (SaaS)

Um método de entrega de aplicativos hospedados centralmente pela Internet, através de uma assinatura, por um host de terceiros. Estes são por vezes referidos como software baseado na web, software on-demand ou software alojado.

Máquina Virtual

A emulação de um sistema de computador, de tal forma que um único componente de hardware pode implantar e gerenciar vários ambientes host, fornecendo a funcionalidade do hardware físico.

Virtualização

Criar um ambiente de computação virtual (também conhecido como máquina virtual), em vez de executar cada ambiente em seu próprio hardware, único. Com recursos suficientes (CPU, RAM, Storage) um único sistema pode hospedar inúmeros convidados, poupando assim dinheiro às empresas e ajudando a se tornarem mais ágeis.